Blog

Cuidados com seu Cão Idoso

Publicado: 08/07/2020

Infelizmente nossos amores vivem menos que nós, e assim como os seres humanos, os cãezinhos, com o tempo, vão sofrendo mudanças devido ao envelhecimento (em média, um cão fica idoso aos 8 anos), e o cuidado como bem-estar e a saúde deve ser redobrado. Depende de nós entregar a melhor vida possível ao nosso querido pet, com muitas brincadeiras, amor e carinho!! Separamos alguns tópicos importantes para conhecimento sobre os cuidados nessa etapa da vida, confira:

Alimentação:


Os cães que ficam mais em casa tendem a desenvolver sobrepeso ou até mesmo obesidade, por ter bastante comida à disposição e não ter grandes espaços para brincar, então a questão do peso se torna um fator determinante para a longevidade do seu pet, então, a quantidade de comida dele tem que se avaliada para evitarmos esse problema.

O ideal é que você converse com um médico veterinário para ter certeza de qual é a melhor alimentação para o seu pet, porém estudos confirmam que o ideal são refeições ricas em fibras e proteínas, mas com pouca gordura. A alimentação adequada vai garantir que o organismo do seu cachorro funcione de uma forma melhor, garantindo disposição, força e beleza a ele. 


Exercício:


Apesar dos idosos não terem a mesma disposição e animação para brincadeiras e exercícios comparados aos filhotes, o ideal é sempre fazer alguma atividade física (claro, respeitando os limites físicos do seu pet!!). Passeios ao fim de tarde e começo da manhã, caminhadas tranquilas tendem a fazer bem a você e seu pet!


Doenças: 


Na terceira idade, a imunidade dos cães tende a ficar mais baixa, lembrando que infecções costumam ser mais frequentes nessa etapa da vida e são muito mais perigosas para a integridade física do seu pet, por isso, é muito importante que as visitas ao veterinário sejam frequentes!!

Além disso, não podemos esquecer que os órgãos, assim como dos humanos, também vão ficando debilitados. Cuidados especiais com os rins, o coração e pulmão vão garantir que seu amigo fique saudável.

O ideal é que as visitas ao veterinário se deem de 6 em 6 meses, com todas as avaliações médicas em dia para garantir que seu cãozinho vá ter uma vida bem longa.

Alguns animais podem apresentar disfunções cognitivas, similares ao Alzheimer nos humanos. Atividades que costumavam fazer corretamente como sentar quando você pedir, ou mesmo fazer as necessidades no lugar certo, podem não acontecer. Não brigue ou o puna! Nessa fase da vida ele só precisa de amor e carinho, mais nada! 

 Nesses casos, mantenha o Xô Xixi sempre por perto para que a limpeza do seu ambiente esteja sempre em dia!!! Compre AQUI:

Além disso, doenças que nos acometem na velhice, como artrites e artroses, também podem ser desenvolvidas pelos cães, então o ideal é sempre facilitar isso para eles, para prevenir quaisquer problemas. Instale rampas pela casa, evite comprar camas e sofás altos para que ele não necessite pular e forçar as articulações, facilite a vida do seu pet!


Voltar