Blog

Quarentena: Mais um motivo para seu gato ficar em casa!

Publicado: 27/07/2020

Com a quarentena, os cuidados com a limpeza individual e de toda a família se tornaram essenciais - o que implica nos cuidados dos nossos amados pets também!! Com os cães, muitas vezes se torna mais fácil de cuidar pelos seus hábitos serem semelhantes aos nossos, somos de hábitos diurnos. Já com os gatos, essa realidade muda, pois eles são animais de hábitos noturnos, e em muitos lugares há a cultura de deixar ele “passear”, só que isso não é o adequado. Confira o porquê:

Há 10 ou 20 anos, nós tínhamos os hábitos de deixar nossos gatos passearem por longos períodos e terem vidas mais tranquilas, pois associávamos isso ao estilo de “vida livre”, bem-estar e liberdade, mas, com o tempo, foram feitas pesquisas e campanhas de conscientização das famílias para que não deixassem os gatos terem seus passeios!

Isso se dá pelo fato da expectativa de vida de um gato que sai na rua ser 60% MENOR do que um gato que tem uma vida sossegada em casa. Em média, gatos que saem na rua vivem 4 anos, enquanto gatos que ficam em casa na segurança de seus lares vivem em média 14 anos, podendo chegar tranquilamente aos 20!! É muito importante que, nos cuidados dos pets, esteja também a cultura de proteger, já que na rua, eles ficam vulneráveis a todos os tipos de perigos, como brigas territoriais com outros animais, maus tratos de pessoas mal-intencionadas (anualmente, milhares de gatos são envenenados por pessoas que não gostam de gatos) e atropelamentos.

Além de tudo isso, há o fato agora de que se seu pet sai na rua, além de todos os perigos que ele pode sofrer, ele também pode trazer doenças, como carrapatos (transmissores da febre maculosa, por exemplo) pulgas (que podem transmitir até mesmo peste negra), e com a pandemia, eles também podem trazer nos seus corpos o COVID-19!!!!

Então, se você ainda é adepto dessa prática prejudicial não só ao seu pet, mas também à vida e saúde de você e sua família, está na hora de repensar se esses hábitos são realmente importantes…

Voltar